Aline COMO É BELO VIVER!
  

Paz a Unidade 

Partilho hoje com vocês que estou muito alegre por pertencer hoje a um comunidade de vida e aliança, a missa dos vinculos foi um benção senti um paz imensa.

Esssa música espressa sentimetos que hoje eu sinto por pertencer a Comunidade DEUS Proverá:

 

Malas Prontas 

Missionário Shalom
Meu Deus que amor é esse que me conquistou
me seduziu e a minha vida transformou
mesmo sabendo o nada que eu sou
me escolheu, me elegeu
e me fez todo seu...
Eu vou seguindo,eu vou cantando,
a Tua misericórdia em mim
E a Tua graça, Tua força,
me levam aonde eu não posso ir...

Eu tô de malas prontas pra seguir o meu Senhor 
eu vou ao fim do mundo se preciso for
Eu sou capaz de tudo 
pra segui-lo e amá-lo
Porque Ele é meu céu, minha paz
Ele é meu tudo
Minha alegria de viver!

Algumas foto :

 

 

 

 

Na unidade

Aline Frederico




Escrito por ALINE FREDERICO às 12h26
[] [envie esta mensagem] []


 
  

O pato e a esponja

É preciso que aprendamos a nos tornar impermeáveis

Publicado pelo site : www.cancaonova.com dia 11/05/2011

 

 

Por acaso você já observou o que acontece com os patos quando dão seus mergulhos na lagoa? Eles simplesmente não se molham. Suas penas são cobertas com uma camada de óleo, tornando a ave impermeável. Ele retira cuidadosamente o óleo, da glândula uropigial, com o bico e o espalha por todo o corpo. Se você lavar um pato com detergente, ele se afogará no primeiro mergulho. Mas o pato não é a única ave privilegiada com esta proteção. Praticamente metade das aves possuem a tal glândula.

 

 

Ao liderar pessoas difíceis é fundamental desenvolver um mecanismo de proteção parecido com o do pato. De alguma maneira, é preciso que fiquemos “impermeáveis”. O grande erro é deixar que o temperamento difícil de uma pessoa se torne referência para você e para todos ao redor.

 

 

Se alguém fala alto demais em seu ambiente de trabalho, não vai demorar muito para que todos comecem a se comunicar aos berros. Será a vitória do erro. É preciso que aprendamos a nos tornar um pouco surdos, mantendo um jeito sereno de falar. Impermeáveis. O silêncio falará mais alto que os gritos, e a serenidade será a referência determinante para aquele ambiente.

 

 

O problema é que, além de não sermos "patos", muitas vezes, nos comportamos como verdadeiras "esponjas".
Temos a trágica capacidade de absorver tudo. Se alguém vomita num lugar público, logo buscamos um balde d'água para limpar o lugar. Porque não fazemos o mesmo com as pessoas que vomitam mau humor, inveja e raiva?

Absorver estes sentimentos como uma esponja é tão asqueroso e prejudicial quanto absorver o vômito alheio.

 

 

Se pensássemos desta maneira, não ficaríamos com tanta facilidade nos remoendo em ressentimentos. Prestou atenção nesta palavra? Vou repetir "re-sentimento". É sentir de novo o que já fez mal da primeira vez. Recebemos uma ofensa, basta a dor uma vez só. Mas preferimos comentar sobre o fato ressentidamente com alguém, depois com outro e mais outro... Ao final do dia já "re-sentimos" a mesma dor várias vezes. Jogue um balde d'água nessa sujeira! O perdão é o melhor remédio. Seja pato.. não seja esponja.

(Artigo extraído do livro "Como liderar pessoas difíceis").

 

Padre Joãozinho, SCJ
http://blog.cancaonova.com/padrejoaozinho/
Padre do Sagrado Coração de Jesus (dehoniano), doutor em teologia, diretor da Faculdade Dehoniana em Taubaté (SP) e autor de vários livros e canções. Conheça o blog do Padre Joãozinho



Escrito por ALINE FREDERICO às 12h07
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO JOSE DO RIO PARDO, Mulher, de 15 a 19 anos, Livros, Música
MSN - alinefrederico_16@hotmail.com


HISTÓRICO



VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!